Criação de Tilápia

Postado em 12/31/69

A Tilápia é uma espécie nativa do continente da África e Ásia e existem dezenas de espécies. Os primeiros exemplares chegaram no Brasil por volta da década de 50.

Por sua resistência, facilidade na criação e importância culinária, ela rapidamente ficou famosa no Brasil. Elas podem suportar temperaturas de 15 até 30 graus Celsius.

O custo para o início de uma criação é baixo e em muitos casos, o retorno do investimento é de 80 a 100% em seis meses. A carne do peixe tem um sabor suave e é ideal para comer em filés, frita e até em sashimi.

A tilápia pode ser criada em gaiolas de arames, que separam cerca de 1600 litros de água em um lago. Os alevinos são comprados ainda pequenos e custam cerca de R$ 50,00 (o milheiro). Já o custo das grades vai de R$ 300 a R$ 500.

Reprodução

A reprodução identificada em viveiros acontece cerca de 4 meses após a introdução dos alevinos. Deve existir um viveiro para desova com pelo menos 100metros quadrados e profundidade de 1 metro, com cerca de 12 fêmeas e 4 machos. Serão produzidos entre 2000 e 5000 alevinos a cada trimestre. Já os tanques de engorda devem ser um pouco maiores.

Alimentação

A alimentação das tilápias deve ser baseada em compostos vegetais e animais, sendo que parte dos nutrientes são provenientes do próprio fitoplânctos. O custo da alimentação pode representar mais da metade do custo total da produção.

Os fertilizantes utilizados na engorda pode ser o superfosfato duplo em concentração de 700kg por hectare por ano.



Envie seu comentário ou dúvida: